sexta-feira, 20 de maio de 2016

Estudo: É errado a mulher cristã trabalhar fora de casa?

Introdução:
Ao procurarmos estabelecer um fundamento bíblico quanto à questão sobre se a mulher cristã deve ou não trabalhar fora do seu lar, precisamos levar em consideração a verdade de que é impossível tratar deste assunto sem que primeiro se faça um estudo panorâmico sobre o que a Bíblia ensina a respeito do papel da mulher de uma forma geral.
A Bíblia tem instruções sobre o papel da mulher. Em Tito 2:3-5, Paulo nos dá instruções sobre como uma jovem esposa deve ser treinada pelas mulheres mais velhas: "As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem; Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada." Nessa passagem, A Bíblia é bem clara que quando há crianças na situação, elas são a responsabilidade principal da jovem esposa. O dever das mulheres mais velhas é de ensinar as mulheres jovens a viver uma vida que glorifique a Deus. Mantendo estas responsabilidades em mente, o tempo da mulher mais idosa pode ser gasto de acordo com a direção do Senhor e de acordo com o seu próprio critério.
Provérbios 31 fala da "mulher virtuosa". Começando com versículo 11, o escritor elogia essa mulher como uma que faz tudo que está ao seu poder para cuidar de sua família. Ela trabalha duro para cuidar de seu lar e manter sua família em ordem. Versículos 16, 18, 24 e 25 mostram que ela é tão industriosa que sua lâmpada não se apaga de noite para providenciar rendimento adicional para sua família. A motivação dessa mulher é importante porque suas atividades de renda eram um meio para alcançar seu objetivo final, não um objetivo em si. Ela estava providenciando para sua família, não investindo em sua carreira, usando sua faculdade ou trabalhando para manter um estilo de vida semelhante ao de outras pessoas. Sua renda estava em segundo plano para sua verdadeira obrigação – a de cuidar de seu marido, filhos e lar.
A Bíblia em nenhum lugar proíbe a mulher de trabalhar fora de casa. No entanto, a Bíblia ensina quais devem ser as prioridades de uma mulher. Se trabalhar fora de casa leva uma mulher a negligenciar seus filhos e marido, então é errado que essa mulher trabalhe fora de casa. Se uma mulher Cristã pode trabalhar fora de casa e ainda sim providenciar um lar amoroso e cuidadoso para seus filhos e marido, então é completamente aceitável que ela trabalhe fora de casa.
Distorção da Sociedade, é triste que a sociedade moderna desdenhe as mulheres que devotam tempo integral à criação dos filhos e ao cuidado do lar, e exalte as mulheres que dão mais importância às suas carreiras profissionais.
Conclusão:
“As mulheres idosas semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem; para ensinarem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos, a serem moderadas, castas, boas donas de casa, a fim a fim de que a Palavra de Deus não seja blasfemada” (Tt 2.3-5).
“Quero, pois, que as que são moças se casem, gerem filhos, governem a casa, e não dêem ocasião ao adversário de maldizer; Porque já algumas se desviaram, indo após Satanás” ( I Tm 5.14, 15).
            O Pr. John MacArthur, Jr, usando como base os textos supracitados faz o seguinte comentário:
“A questão de esposas trabalhando fora de casa é que ela e seu marido devem chegar a um entendimento a partir de uma perspectiva bíblica, e então permitir que o Espírito Santo oriente em sua situação específica”.  Ele continua: “O texto de Tito 2:3-5 ensina que as mulheres devem ser prudentes (isto é, conhecer suas prioridades). Quais são as prioridades que uma mulher casada deveria adotar? Sua primeira deveria ser satisfazer as necessidades de sua família”.
Cremos que o Senhor criou a mulher para ser auxiliadora do Homem, e não é atoa que o Senhor diz em Mateus 10:8  "...e os dois se tornarão uma só carne’. Dessa forma, eles já não são dois, mas sim uma só carne." isto significa que ambos tem responsabilidades, lógico que Ele enfatizou a direção do Homem, mais esta decisão deve ser tomada ouvindo a esposa, e principalmente com o objetivo de abençoar ambos, pois são agora UMA SÓ CARNE!
A esposa virtuosa (Sábia) com certeza saberá priorizar os seus objetivos e ações em prol da família!
Agora se a decisão de trabalhar fora for tomada para beneficio próprio apenas, não será bênção. Mais se o objetivo é "AUXILIAR" o esposo, pois convenha comigo: Uma única pessoa trabalhando não consegue manter a casa, o custo de vida aumentou muitooooo, se dois já está difícil... imagine Um...
E temos a questão da colaboração também: "Melhor é serem dois do que um, porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante." (Eclesiastes 4:9-10). O marido também deve ajudar na criação dos filhos, a responsabilidade principal é da mulher, mais não exime o homem desta responsabilidade também, entende?
Mulheres se vocês trabalham fora, não fiquem tristes ou mesmo se sintam menos valorizadas. Saiba que o Senhor sonda o vosso coração e sabe perfeitamente o seu interesse, e objetivo. Que é o de auxiliar seu esposo e abençoar sua família.
Que todo trabalho das vossas mãos prospere em Nome de Jesus!
Amém




Nenhum comentário:

Postar um comentário